Posted in Portuguese

O Calão Português

This text is about Portuguese slang. I have corrected it using guidance from Sophia and added answers to the questions in quote text after each. Thank you Sophia.

Acho que este caderno é *muito* específico do Português de Portugal. Se és brasileiro, obrigado por ler mas talvez seja melhor deixar que uma pessoa portuguesa corrija. :^)

Estou a ler um livro e um dos capítulos trata do calão português, mas o livro é bastante velho (de mil novecentos e noventa e cinco – todos os preços mencionado nos textos são em escudos!) e por isso suspeito que muitas frases e palavras estejam desactualizadas. Podes dizer-me se estas ainda são usados nas ruas de Lisboa hoje em dia por favor? Não quero aprender algumas coisas se já não são usadas.

Chui = O polícia (“cuidado com os chuis!”)

Actualmente diz-se “Bófia”

Amigo da onça = Um amigo falso (isto tem origem, aparentemente, numa brincadeira brasileira sobre um caçador e o seu amigo que não acreditou nas suas historias)
Cacau (ou pilim, massa, prata, papel, grana, milho, utu, carcanhol, taco, cifrões) = dinheiro (“tem cacau para ir ao bar mais tarde?”)

Grana: usa-se no Brasil

(Dinheiro = Money, guita, papel, massa; prata é usado por exemplo na Colômbia)

Pau = Em 1995, significava “Escudos”. Existe um equivalente para Euros agora?

(continua-se a usar vulgarmente “paus”. Podemos dizer: “Vais dar 80 paus por esse disco rigido?” Também é muito comum os dealers de droga usarem “paus” em vez de falarem em €)

Bater a bota = Morrer (“O meu porquinho da India é tanto velho. Talvez vá bater a bota daqui a pouco”)

(continua a ser usado, tal como muitos outras expressões)

Chavalo/Chavala = Rapaz/Rapariga (“Conheces esta chavala?”)
Estar-se a borrifar para = Não se importar com alguma coisa (O meu sobrinho diz todos os dias sobre Justin Beiber. Estou-me a borrifar para as músicas dele)

(borrifar ou marimbar)

Ya = sim (“Estudas Português?” / “Ya!”)

(continua-se a usar e lemos como os alemães, significa “sim” só que em Alemão escreve-se “ja”. Há quem acrescente um “p” e fica “yap”)

Grosso = bêbedo (“O Senhor Soares, porque é que ameaçou dar-me umas salutares bofetadas?” / “Nao sei, estava grosso”)

(Para alguém bêbado, dizemos apenas “bêbado”, mas se a pessoa está com uma bebedeira podemos dizer que tem uma “piela”)

Porreiro = Agradável (Adoro Paris na primavera. É porreiro, pá!”)

 

I’m also endebted to Kamenko, who sent me a link to this dictionary of Portuguese slang

Advertisements

Author:

Just a data nerd

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s