Posted in Portuguese

A Traição

E M Forster, um escritor Inglês, escreveu na sua dissertação “O Que Creio” em 1938 “Se eu tivesse que escolher entre trair o meu país ou trair o meu amigo, espero ter a coragem para trair o meu país.”
Lembrei-me desta citação ontem enquanto discutia o futuro com a minha esposa. Ela é portuguesa, e a situação para os cidadãos europeus aqui em Inglaterra está incerta. Por isso, eu, e a nossa filha pensamos em candidatar-nos à dupla cidadania. Mas tenho sentimentos mistos. Não quero ser cidadão de qualquer outro país, mas sei que é essencial manter a família unida, aconteça o que acontecer, e por isso, acho que vou pedir um formulário e preenchê-lo.

notebook_image_791496

Obviously this is a little overstated because it’s difficult to convey subtle nuance in a language I don’t speak fluently still. I don’t really think of this as a betrayal; it’s really just a precaution in case the worst happens but the way the world is lately, who the hell knows? There are Trump supporters in this country for Christ’s sake!

Thanks to Sophia Celso and Iramao for the corrections

Advertisements

Author:

Just a data nerd

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s